800 291 291 – Serviço Número Verde (Grátis) Dias úteis das 9h às 21h
Portes gratuitos para encomendas acima dos 30€
800 291 291 – Serviço Número Verde (Grátis) Dias úteis das 9h às 21h
Portes gratuitos para encomendas acima dos 30€

Quais os sinais que indicam o consumo insuficiente de proteína?

A proteína é necessária para o funcionamento adequado do nosso organismo. Estas complexas moléculas orgânicas são responsáveis, entre outras funções, pela manutenção da estrutura corporal, como é o caso dos ossos e da massa muscular, e pela renovação dos tecidos corporais.

A importância das proteínas para uma vida saudável é algo que muita gente não tem o conhecimento suficiente. Para que não haja repercussões pelo seu défice, é essencial seguir uma alimentação equilibrada e ingerir alimentos ricos em proteína na sua rotina alimentar.

Se por acaso não ingerir proteína suficiente, o seu corpo vai começar a refletir esse défice, mostrando lentamente alguns sinais.

Reunimos 5 sinais ou sintomas pelos quais deve ficar atento/a! Preparado/a? Tome nota!

1# Desejo de proteína

Um dos sintomas mais comuns causados pelo défice de proteína é o desejo aumentado por alimentos proteicos. A curto prazo, quando não são consumidos os níveis adequados de proteína no corpo, este é um dos primeiros sintomas a surgir. Tente “ouvir” o seu corpo. Tem uma vontade acrescida de comer um bife? Ou uma sandes de frango? Talvez este seja um sinal… Esteja atento/a!

Top 7 alimentos ricos proteina

 2# Cabelo, unhas e pele frágeis

Outro dos sinais mais recorrentes que podem significar falta de proteína é a falta de saúde do cabelo, unhas e pele.

No caso do cabelo, este é constituído maioritariamente por proteína, mais especificamente keratina. Se, ao longo do tempo, o corpo não estiver a receber proteína suficiente, o cabelo acaba por se ressentir. A sensação de cabelo fino e queda são muito comuns. Isto acontece porque o organismo pára de usar a proteína para necessidades não-vitais.

No caso das unhas e pele, o conceito repete-se. Com a falta de proteína, as células das unhas e da pele param de se desenvolver. As unhas tornam-se mais moles, quebradiças e fracas, enquanto a pele pode apresentar lascas e uma ligeira aparência de escamas.

Em casos mais avançados, podem aparecer na pele sintomas dermatológicos agravados.

3# Desejo por alimentos doces

A proteína, em conjunto com uma percentagem de gordura é absorvida mais lentamente do que os hidratos de carbono. Se numa refeição forem ingeridos hidratos de carbono e pouca (ou nenhuma) proteína, o corpo vai absorver os hidratos rapidamente e o açúcar no sangue aumenta. Este aumento de açúcar é sempre seguido de uma queda. Estes picos levam a esse desejo aumentado de comer alimentos doces.

Assim, o ideal é acompanhar os hidratos de carbono com muitas proteínas, de forma a que a sua absorção e digestão seja mais lenta e os níveis de açúcares mais graduais.

Desejo-doces-defice-proteina-dieta-lev

4# Cansaço ou fraqueza

Este sintoma não acontece quando o défice de proteína é algo recente e de curto prazo. No entanto, se deixar de consumir proteínas suficientes, a longo prazo, vai sentir-se cansado/a ou fraco/a, sem razão aparente.

A falta de proteína pode afetar os músculos, os ossos e toda a estrutura corporal. A falta de energia e força podem também estar relacionadas com a alimentação em geral, pelo que deve sempre ter uma alimentação equilibrada e saudável. Esteja atento/a ao que o seu corpo lhe transmite!

5# Frequentemente doente

Uma das funções cruciais das proteínas é a construção de componentes do sistema imunitário. Assim, quando a proteína consumida não é suficiente, a longo prazo, o sistema imunitário pode ficar enfraquecido.

De uma forma simples, o sistema imunitário é responsável por defender-nos contra doenças. Assim, para um organismo saudável é necessário ter um sistema imunitário forte. As proteínas podem ajudá-lo/a!

Sabia que um dos princípios da dieta Lev é o consumo de alimentos ricos em proteína? Aqui ficam alguns snacks ricos em proteína que pode levar consigo sempre que quiser!

frequentemente-doente-proteina-defice-dieta-lev

Sabia que um dos princípios da dieta Lev é o consumo de alimentos ricos em proteína? Aqui ficam alguns snacks ricos em proteína que pode levar consigo sempre que quiser!

Esperamos que a informação seja útil e que esteja atento/a aos sinais do seu corpo! Já sabe, se precisar de acompanhamento profissional para iniciar uma dieta saudável e rica em proteínas, pode marcar a sua consulta gratuita aqui.

WhatsApp WhatsApp Lev®